segunda-feira, junho 29, 2020

Democracia é de esquerda ou direita?

sexta-feira, junho 26, 2020

GOVERNO APRESENTA MATRIZ DE RISCO QUE NORTEARÁ FASES DO DISTANCIAMENTO SOCIAL


Em meio a pressão do setor econômico pelo retorno das atividades, o Governo do Estado, apresenta quais as bases que servirão de referência para uma possível retomada gradativa do comércio.

Desta vez, ao invés de assumir o comando sozinho do comunicado ele optou por apresentar os outros setores do estado que estão empenhados no processo de construção do plano para a volta no chamado "novo normal".

Vale lembrar que o que existe são estudos e uma proposta que só irá se consolidar com base nos números de óbitos, ocupação de leitos e índice de contaminação.

quinta-feira, junho 11, 2020

Min. Ayres Britto “A Constituição é a única lei que o Estado não faz...



A permanente crise política do país traz a necessidade de conhecermos o que diz e orienta a Constituição. Isto porque apoiadores do presidente querem defender o que consideram democracia, com uma pauta inconstitucional, que é a volta do AI-5.

Do outro lado, a oposição, no momento na rua com a extrema esquerda, sua defesa da expropriação do poder burguês, mas também composta dos partidos que têm por princípio o social acima do consumo, mas conciliando com o sistema. E isso por princípio é o modo que constroem a ideia de democracia.

No meio de ambos, a própria Constituição tão pouco ou quase nunca na estudada pela maioria de nós.

Entrevista - Blogo do Villa - produzido pelo professor e escritor Marco Antônio Villa, ex- comentarista da Jovem Pan. Não precisa concordar, mas vai lá e se informe, até para  poder opinar com clareza. 

AQUI, numa conversa tranquila, instrutiva e com muitos dados, intercalados com falas de grandes pensadores, o poeta nordestino de Sergipe, ex-ministro Ayres Brito, traz luz aos fatos. ASSISTA e reflita sobre o seu papel como cidadão.

És poder, o tempo todo e não só quando mobilizado feito rebanho vermelho ou verde e amarelo.

Num dos trechos quando perguntado sobre se o exército é "poder moderador" ele foi objetivo.

"Não há poder moderador. A vida é processo. A democracia não vence por nocaute. Mas por soma de pontos!", atestou Ayres.

Com uma visão otimista, pois reconhece que a saída está na lei, ou melhor, na lei das leis que é a Constituição ele tem uma fala tranquilizadora. Para os corações agitados de parte a parte, manda um recado sutil.

"Os avanços civilizatórios são cumulativos. Democracia e liberdade de imprensa são irmãs siamesas. Não se pode proibir a imprensa de falar primeiro e o judiciário de falar por último", descreveu o ex-ministro.

Além disso, a entrevista é eivada de muitos pensamentos históricos de cientistas sociais, filósofos e poetas. Uma lição de como a literatura pode ser contemporânea de todos os assuntos pertinentes a existência humana. 

sábado, maio 30, 2020

LIVE TRIBUTO RAUL SEIXAS E TIM MAIA COM A BANDA CACHORRO URUBU - AO VIVO

Quer salvar uma vida em vida?



Salvar uma vida em vida é mais fácil do que você imagina. A sua medula óssea, ou tutano como chamamos, pode salvar pessoas com leucemia e mais outras enfermidades. Basta você doar 5 ml de sangue para se cadastrar no banco nacional e se for compatível com alguém, um dia ser acionado para retirar do osso da bacia um pouco da medula. Sem dor e sem efeito colateral.

Papo com Glécio Rodrigues do Portal 4CantosAlagoas




O Jornalismo digital feito diariamente no Centro de Maceió onde funcionam o comércio, a feira do rato e a estação mercado tem sua forma própria de existir. São nove anos em busca da notícia ou sendo mobilizado por ela para abastecer o Portal 4 Cantos Alagoas. O idealizador é Glécio Rodrigues, jornalista profissional. É ele quem fotografa, redige, edita e divulga o próprio trabalho. Devidamente registrado se queixa da carga tributária, mas revela paixão pelo jornalismo com cheiro da rua e de povo. Assista e Compartilhe!!

segunda-feira, maio 25, 2020

Vídeo mostra falta de preocupação com Coronavírus





Nós avaliamos o vídeo com o olhar da crise da pandemia do Coronavírus. Todos os outros detalhes, palavrões, aspectos jurídicos do que foi dito, questões estratégicas de segurança, a denúncia feita pelo ex-ministro Sérgio Moro, privatização do Banco do Brasil...entre outros já está na pauta dos jornalões.



Para nós prevalece o fato de que no dia 22 de abril, a preocupação era sobre vários temas adversos, mesmo com a situação de pandemia já instalada e a crise que culminou com a queda do ex-ministro Luiz Henrique Mandetta. A época o representante já era o ministro Nelson Teich que ficou apenas 25 dias no cargo.