sexta-feira, janeiro 24, 2020

Maceió AM 1020 volta com força total na segunda 27 de janeiro



"E demorou, mas chegou..."já cantou o regueiro Edson Gomes. Mas esse pequeno verso explica bem o que aconteceu com a Rádio Maceió AM 1020. Desde outubro, depois de problemas técnicos a emissora saiu do ar e deixou muita gente órfã.

Finalmente a espera acabou e nesta sexta-feira, por volta das 10h os primeiros testes com a emissora já podendo ser sintonizada aconteceram. O som está melhor do que nunca e já provocou muita agitação, em especial no programa Bate Bola, apresentado por José Elísio Silva, o "Liso".



Como nunca deixaram de transmitir pelo YouTube foi mais fácil provocar os ouvintes a ligarem o rádio ou "Mirobaldo" como de forma engraçada se referia aos modelos AM.

Já na próxima segunda-feira a programação volta inteira com jornalismo nos dois horários. Pela manhã o Super Manhã com Marcos Rodrigues, esse que vos escreve, está assume o dial das 8h às 10h. Depois é Maurício Gouber quem assume a programação com música e informação até o meio-dia.



No intervalo do almoço o Bate-Bola mantém as informações sobre tudo que acontece nos bastidores do futebol.

O jornalista José Elísio Silva já negocia com a direção um programa jornalístico das 14h às 17h. 

Em seguida será a vez de Rafael Ferreira trazer mais informações sobre futebol local e nacional até às 19h com o Bola na Área. 



O projeto criado por ele conquistou o ouvinte que sempre gosta de saber das últimas do esporte no fim do dia. Mesmo no período de ausência no dial ele estava sendo feito pela internet e a interatividade sempre foi intensa. 




Bloco da Wilma - Lança Perfume - invade o Jaraguá Dia 7


O clima de carnaval que contagia às prévias tem programação variada para todos os públicos. A boa música, porém, está presente em vários eventos. E essa é a proposta do Bloco da Wilma - Lança Perfume, que agita os foliões no próximo dia 7 de fevereiro, a partir das 22h, no Pierre Chalita no histórico bairro do Jaraguá.


Com um repertório rico em marchinhas clássicas dos principais compositores de frevo, ciranda, axé e samba ela promete fazer o público embarcar numa viagem musical de qualidade. Este ano a grande homenageada vai ser a cantora Rita Lee. 

Isso mesmo, a Rainha do Rock brasileiro será reverenciada por Wilma e sua super banda com a presença de convidados muito especiais como Felipe Seixas da Banda Cachorro Urubu/Som de Vinil e João Paulo da Mopho/ Alma de Borracha, além do grande DJArtur Filizola.

O João aproveitou para mandar um recado para você que está se programando para o evento.


Tanta versatilidade e energia vai marcar mais uma noite do pré-carnaval da cidade para você que gosta de se divertir com tranquilidade, bom atendimento num ambiente espaçoso e muito aconchegante.

A Wilma vai contagiar você que gosta da folia de Momo e se prepara para o carnaval 2020. Por isso, está reunindo uma seleção musical para não deixar ninguém parado. Essa é a sua chance de começar o ano com a riqueza musical que só o carnaval oferece. 

Tire a sua fantasia do armário, produza o visual que você quiser e caia na folia com seus amigos, sua família e quem você ama. Afinal, a diversidade de ritmos combina com a sua vida. É hora de celebrá-la com quem sabe fazer festa boa. 

Se liga no recado da Wilma exclusivo para você que segue o Blog do Tchola e compartilha nossas informações.



Então você está esperando o que? Garanta já sua presença. São várias opções e alternativas para todos os gostos e bolsos. 

Serviço
Mesas Setor VIP (CeD) - R$ 500,00
Mesa para 4 pessoas - R$ 300,00
1 lugar à mesa - R$ 75
Individuais - R$ 60,00

Vendas:

Viva Ingressos - Maceió Shopping
Erva Doce e Doce Erva - Rua Mário de Gusmão na Ponta Verde
Cantão - Rua Dr. Antônio Gomes de Barros, 836 - Loja 1 (Antiga Amélia Rosa)
Acesso VIP - Parque Shopping Térreo
ON LINE - www.suechamusca.byinti.com

Informações :

82 3235 5301
zap 9 9928 8675
@suechamscaoficial
fb.com/suechamusca

quarta-feira, janeiro 22, 2020

Barril de cerveja vira caixa de som potente (Vídeo)




O técnico Adriano Perez é uma das figuras no youtube que não perde tempo com bobagens. O negócio é inventar e criar coisas úteis com o que aparentemente iria para o lixo. Um exemplo disso é o tutorial que ele gravou para a confecção de caixa de som. 




Até aí tudo bem, não fosse a estrutura utilizada aquelas barris de cerveja Hainenken que são um sucesso há alguns verões. De uso fácil quando cheios da cevada puro malte, uma vez vazios já foram usados por outros inventores virtuais para arranjos florais e até jarros para plantas.




Mas, a transformação em caixa de som é uma novidade que tem agitado a web. Ele tem tudo que as que são vendidas possuem, desde Bloototh, USB e com Rádio FM.

Achei por acaso, mas o resultado é tão bom, que confesso não resistir e além de me inscrever no canal estou usando o nosso blog para dividir com vocês. Além de criativo, não que ficou bonitinho mesmo. Boa funcionalidade com criatividade.

O custo, que é melhor dessa história toda, é que o mais atraente. Por pouco é possível ter uma caixa equivalente as vendidas pelas poderosas marcas JBL, Sony entre outras.

Assista e Invente você também!

segunda-feira, janeiro 20, 2020

Feijoada da Turma da Rolinha 2020 com frevo e samba




O Bloco Carnavalesco Turma da Rolinha já deu o 1° passo para o pré-carnaval 2020. No último domingo, no Espaço Agenda, no Barro Duro, a trupe comanda por Ivonilton e Cia, realizou a Feijoada da Rolinha.

O evento Frevo-Samba-Choro marcou o lançamento do frevo da Rolinha e do tema deste ano "Djavaneando no Frevo", em alusão ao músico e compositor alagoano Djavan.

Misturando Samba, com Ismair Martins e Frevo sob o comando de Lima Neto e sua Expresso Latino a festa foi um sucesso. 

O próximo compromisso será a "Panelada da Rolinha", dia 1° de fevereiro no Barrica´s, na belíssima praia da Ponta Verde. 

Já o tão esperado desfile deste ano acontece no sábado dia 15 de fevereiro saindo do Hotel Praia Bonita, a partir das 11h.

A venda dos kits Rolinha já começaram ao preço de R$ 40 reais com dinheiro/débito e R$ 45 parcelados em até 2x.


Pontos de Venda: 

*Central do Carnaval do Maceió40Graus no Maceió Shopping,

*AABB-Maceió (Centro e Pescaria),

*Galeto do Rafa (rua da TV Ponta Verde no Jacintinho) 

*Barrica´s (Ponta Verde) *Lupa Ótica (por trás do Teatro Deodoro no Centro)

📌Disk-rolinha 99982-1615 e 98809-4157.

quinta-feira, janeiro 16, 2020

Batucada Literária no bairro de Jaraguá



A Batucada Literária acontece nos dias 17 e 18 de janeiro no histórico bairro de Jaraguá. A ideia é manter o clima de união vivência da Bienal do Livro da Ufal, do ano passado. O evento vai reunir literatura, debates e música das 10h às 22h. Vai ter a presença de parte da orquestra do Bloco Pinto da Madrugada e também Maracatu. 




quinta-feira, janeiro 09, 2020

DOMINGO: A Cidade Sorriso vai pular com o Bloco do Edécio Lopes


O cheiro do carnaval em Maceió vai deixar de ser uma ideia e virar passo, de frevo, é claro, no domingo ao som da música Cidade Sorriso, do radialista, compositor e frevista, Edécio Lopes. Ao raiar do sol do domingo a energia que vai tomar conta é a do seu clássico programa "Manhas Brasileiras".




Para receber o povo, às 10h da manhã na Ponta Verde (Rua Fechada diante da Barraca Pedra Virada), seu boneco gigante, carinhosa e cuidadosamente guardado por seu filho Dinho Lopes - um dos integrantes do Clã do Frevo Alagoano-, já está devidamente preparado. 

Edécio vive e vai sorrir pra gente em cada acorde e frevo cantado. 




A tradição que vem sendo mantida com a cara e coragem da família e dos entusiastas do ritmo vai agitar a pajuçara com "o azul imenso do mar". 

A proposta de manter vivo a frevisse de Edécio já o transformou em baile, sandália, marcha, mas o melhor mesmo foi quando ele virou bloco. 




Bloco de rua, por um pequeno trecho, mas o suficiente pra cansar, emocionar e juntar gente. Gente muito boa, muitos de verde amarelo, mas com uma coisa em comum: apaixonados por frevo e devotos de Edécio.

Escrevendo aqui já dá vontade de sair dançando...isso porque a música já tá na cabeça, quase tomando corpo e querendo chegar no pé. 

"Subi a ladeira do Farol
Fiquei no mirante a olhar
Os raios dourados do sol
No azul imenso do mar"

Veja o recado do Dinho para nossos seguidores





segunda-feira, dezembro 30, 2019

Márcio Canuto revela detalhes da carreira e o fenômeno Jacozinho




O programa Canal de Esportes, da TV Mar (Canal 25 da Net), ancorado pelo jornalista Alexandre Lino contou com a presença muito especial do jornalista e radialista, Marcio Canuto. Numa conversa divertidíssima os dois, num típico papo de boleiros da comunicação, desvendaram mistérios da sua carreira e claro o "fenômeno Jacozinho".




Divida em duas partes vale a pena saber mais dos causos e como a vida foi generosa em criatividade e oportunidade para o nosso Márcio. 

A entrevista é um furo jornalístico já que foi a primeira depois que anunciou sua aposentadoria da Rede Globo, este ano. Márcio, cidadão do mundo mostra mais uma vez que o sucesso não lhe tirou a simplicidade e generosidade. 

Parabéns Alexandre!! Que venham outras em 2020!



Assista e compartilhe.

OS ALIMENTOS QUE MAIS TEM AÇÚCAR DO MUNDO

Quando chega o final do ano, entre os planos do ano seguinte, costumamos colocar o cuidado com a saúde entre os principais. Certo?! 

Mas, quase sempre por conta do apelo comercial, altamente midiático, com um marketing agressivo das marcas, não nos desligamos de alguns hábitos alimentares danosos à saúde.

Para finalizar minhas postagens deste ano, quero compartilhar essa entrevista sobre o quanto o açúcar pode fazer ruir nossa saúde. A questão é séria e afeta o mundo inteiro.

Assista o que diz o biólogo e cientista, Tiago Rocha, sobre os alimentos que mais tem açúcar no mundo. 
Abra o vídeo ou click aqui

segunda-feira, dezembro 23, 2019

Cortejo cultural encanta e aproxima alagoanos e turistas de folguedos

Fotos Átila Vieira (Secom)

A grandiosidade do folclore alagoano foi representado por cem grupos no "Natal dos Folguedos" que desfilaram no último domingo, na orla da Pajuçara, dando origem a um "Cortejo Cultural". O evento festivo e admirado por milhares de pessoas marcou o encerramento da programação oficial da Prefeitura Municipal de Maceió.



A festa, junto do povo, bem pertinho, arrancou por vezes o sorriso e olhar de orgulho dos integrantes dos grupos, de Fandango, Pastoril, Chegança, Maracatu, Bumba Meu Boi, Quadrilha Junina, Côco, Guerreiro, Cavalhada entre outros.

Foi um show de simplicidade, mas de uma beleza ímpar.  Para quem era de Alagoas se via representado pela tradição e força dos líderes dos grupos que desfilaram em um carro repleto de "patrimônios vivos". Uma relação de pertencimento se estabeleceu com quem já conhecia e para as crianças que aprendem sobre isso na escola.


E é aí onde a Prefeitura de Maceió, por meio da Fundação Cultural Cidade de Maceió, acertou na proposta. Ela, além de cultural educa, forma e atrai o interesse.

A política para articular a manifestação nessa época do ano, daqui para frente ainda não é de governo, mas deve ser urgentemente pensada. 

Isto porque, assim como os alagoanos os turistas curtiram o desfile. E eles geram consumo, espalham fotos pelo mundo e podem querer voltar.  

Os flashs dos celulares, as transmissões ao vivo, ou registro em forma de stories, eram flagrantes. Alguns avançavam a "linha imaginária" que separava público do desfile para tirar uma foto perto do boi, por exemplo, ou de algum dos integrantes e por causa das suas endumentarias coloridas.



As crianças, essas deram um exemplo de como admirar quem passava. Olhos brilhando, gestos acelerados, celulares a mão para registrar tudo dividiam espaço com tantas surpresas a cada grupo que passava.

Isso é algo novo e que precisa ser mantido no calendário da cidade porque essa relação entre a comunidade local e quem nos visita pode ser integralizada, ainda mais,  pela força do turismo da época. Juntos, esses dois públicos estavam encantados. Eu era um deles. 

Então por que não manter? E até ampliar?



Sugestões

Mas, para isso ocorrer, já que não há apoio privado, nenhum investimento ou parceria com o Governo do Estado, há de aperfeiçoar o processo. 

Nesse quesito, horário é fundamental, pois o registro fotográfico dos grupos seria muito melhor a luz do dia. Sendo assim, ao invés de começar às 17h, que pudesse ser antecipado em 1 hora pelo menos. 

Quanto ao desfile, no domingo, teve que ser acelerado em alguns momentos e acabou provocando um distanciamento grande dos grupos de Boi, que têm uma bateria forte. Além disso, a rapidez de deslocamento dificultava o registro em alguns momentos.



O controle de toda a extensão da avenida também é importante. Em alguns momentos, no trecho próximo ao Sete Coqueiros ainda tinham motoristas passando entre os espaços que ficaram entre os grupos. 

O quesito hora também é determinante. Ser pontual ajuda a marcar território e facilitar a programação das pessoas. 

A estrutura da Praça da Alimentação ou Vila Gastronômica estava ótima, inclusive com uma bateria de banheiros próxima. (Acho que da próxima dá para colocar um acesso por dentro ou para dentro da vila).



A variedade de comida estava incrível, além do preço. Pelo menos para a área coberta, um telão ou monitores gigantes fariam o público não perder conexão com o que estava rolando no palco. 




Os shows e a respectiva programação foi muito bem pensada. Mas, falta ser trabalhada com comerciais que unissem o cortejo e quem iria se apresentar no palco principal. Criar uma página na rede social e/ou um aplicativo para celular ajudaria nessa tarefa. 

O transporte também poderia ter uma "linha exclusiva" indo e vindo de todos os bairros passando por um caminho alternativo para deixar o passageiro mais próximo do evento. 




Para finalizar, outro ponto positivo foi a decoração do trecho. O brilho das luzes e o efeito visual das árvores artificiais e coqueiros criaram uma atmosfera sedutora para todos os olhares. 




Até o próximo ano!



Obs. O blog utilizou fotos da Secom da Prefeitura de Maceió por conta da qualidade da cobertura fotográfica.