quinta-feira, abril 05, 2007

Viva o dia do jornalista! Viva Freitas Neto, nosso mestre


No próximo dia 7 será comemorado o Dia do Jornalista. A data é uma referência ao profissional que é, literalmente, um "filho da pauta".
Desde pequeno, antes de pensar no que fazer para viver, ouvia falar no jornalista Freitas Neto. Não foram poucas as vezes.
Um dia, na praia da Jatiúca, estava com meu pai e se aproximou da gente um cara alto, cabelo grande (assanhado) meio ruivo e muito educado. Entregou um panfleto e pediu um voto.
Era o Freitas, que estava como candidato e entregava o próprio panfleto. Nunca esqueci aquela cena. Assim que ele saiu, meu disse: "-Ele é jornalista!" Mas, aquela altura eu sabia lá o que aquilo significava.
O tempo passou. Meu pai se foi e chegou a hora de escolher uma profissão. Escolhi ser jornalista. Ainda quando estudante reencontrei aquela figura que me impressionou nos anos 80. Tive a chance de contar que o vira panfletando. Freitas sorriu e ajeitou os cabelos. Ficamos amigos. Ele já me chamava de companheiro.
Conviver com ele, mesmo que brevemente, foi um aprendizado.
Saudades!
Em nome dele gostaria de saudar os companheiros de profissão, que muitas vezes se esquecem até do nosso dia.
A todos sucesso e saúde!

Um comentário:

Marcelino disse...

Grande Tchôla!

Valeu pela homenagem ao camarada FREITAS NETO...e depois de quase 1 ano (amanhã 07 de abril Dia do Jornalista) vejo com muita alegria e emoção essas suas palavras para ele!

Agora essa eu não sabia: que dizer que ele conseguiu enxergar em você, ainda pequeno, um JORNALISTA? Que faro! rsrsrsrs...e você se tornou de fato tb um rande companheiro de profissão! É isso!

Forte abraço camarada, do amigo e colega

Marcelino Freitas Neto