sábado, julho 14, 2007

Lula é vaiado na abertura do PAN; já recebeu sua medalha

O presidente Lula, ex-Luiz Inácio, levou uma sonora vaia, ontem à tarde, quando teve o seu nome citado na solenidade de abertura dos 15º Jogos PANAMERICANOS. Foi o maior "Pan" que Lula tomou , desde que todas as crises políticas de seu governo, estouraram. Ele não escapou do dia 13, número que lhe dera sorte com o PT, mas que não resistiu a uma sexta-feira 13.

Só para lembrar: 1-Caso Zé Dirceru x Mensalão; 1-Caso Renan x Mônica (+ filha) x Bois x Gautama x Mendes Júnior x Navalha x Cony e Schincariol...ufa! 3- Caso Vavá ( o irmão tonto de Lula) x Caça Níqueis; 4- Apagão aéreo e o superfaturamento do PAN.

Troco

Acho que a classe média descontou. Vaiou Lula em nome do conjunto da obra e não por sua história e postura. Lula pagou o pato pelos "companheiros", de ontem e de hoje.Aliás os atuais parecem aqueles malas que chegam tomam uma na sua mesa comem o tira e deixam a conta pros outros pagarem. Sabe como é?

Conhecido por ser um homem emotivo, Lula segurou as lágrimas e não declarou aberto os jogos. Nun gesto, quase atlético, se prendeu para não esmorecer. Porém, por dentro, ficou "destrenado" como se diz no sertão, de onde, um dia, Lula saiu.

Acho que ontem o presidente sentiu o que estava evitando desde o início da crise política. Descobriu que no país, nem todos estão agradecidos porque podem comprar a cesta básica e ter celular com câmera.

Os pobres vibram porque têm cartões de crédito sobrevivência. A classe média se irrita com os juros dos cartões. Os 90 mil, presentes ao Maracanã, deram um recado por todos que pagam impostos.


Desculpas e relaxe


Assim Lula, só me resta pedir desculpas pelos seus ex-eleitores. É que a gente não conseguiu "relaxar e gozar". Coisa que sua ministra, Marta, ex-Suplicy deve fazer muito bem, pois não dorme nas cadeiras dos aeroportos.
Agora, talvez, depois de gozarmos do senhor, possamos ficar um pouco mais tranquilinhos.

Lula cuidado para quando soltarem a manada no senado e na câmara, não estais na frente da rampa com seus proprietários. Por que tem um ditado que diz que "os bois costumam desconhecer os donos".

Tentei reproduzir o áudio mas não sou tão competente ainda na manipulação das ferramentas. Mas foi mais ou menos assim:


"UUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU
UUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU", umas 5 vezes.


Toda vez que anunciavam o nome do Lula.

PT saudações!

Ali jaz um líder operário.

Defesa

Para complicar, ainda mais, inventaram um erro para o cerimonial. Sacanagem com os colegas. O ministro dos Esportes Orlando "lula" da Silva, foi defender o presidente e saiu com essa: "-Vocês devem ter visto um grupinho ali mais agitado. Acho que foi uma coisa orquestrada", disse o jovem comunista do PC do B.

A tese parece que faz parte das análises de conjuntura do partido. No senado o outro "pecedobista", Inácio "folha de" Arruda, do Ceará, levantou a mesma tese. Ela acredita existir uma movimentação orquestrada para tomar a cadeira de Renan. Já existiriam até candidatos.

REInão

Já o presidente Reinão, ex-Renan, mexe com tudo o que pode para se manter na cadeira de presidente. Age como um rei, mas só de vez enquando. Diz que os companheiros se quiserem tirá-lo do senado deverão "sujar as mãos".
Mas de quê?
De merda de boi?
Ou de dinheiro sujo de empreiteiras?

Pancada

Renan tá mesmo sem sorte. Todo dia, na rádio que trouxe para Alagoas, a fantástica CBN, ele está nos comentários de Heródoto Barbero sobre a crise no senado. Por sorte são comentários de nível. Do nível de senadores. O âncora só não se segura quando fala dos "boizinhos". O detalhe é que democraticamente Renan não pede para os "donos" da emissora por aqui a tirem do ar.

Prova

A crise político-amorosa que envolveu o conterrâneo Renan, provou um outro problema para os machistas. É que não são só as ex-mulheres que dão dor de cabeça. Ex-amante, também, é fogo! Dá até mais manchetes.

Reflexão

Diante de todo esse quadro, que no futuro irão virar livros, teses e filmes de terror, como dever crescer a filha de Renan. Sim porque no meio de toda a lama e cocô de boi, no pasto e no senado, tem uma criança. Que precisará crescer sabendo da verdade. E que verdade!

Será que os R$ 100 mil que o pai diz ter deixado para sua educação irão fazê-la feliz?

Acho chato ter que entrar na vida dos outros. Mas é que todo dia a vida dos outros entra na minha através do noticiário.

Um comentário:

Jeann disse...

...

Evidente que a farsa montada com hora e local marcados não ficou restrita a esconder os problemas sociais, prática corriqueira de políticos quando querem vender seus peixes (e quem não lembra do sumiço dos mendigos de Maceió durante a meteórica passagem de João Paulo II em 1991 - Detalhe: Para que serviu o Papódromo depois daquele "evento"?)
A classe média atual, que receia perder suas posses com o aumento dos juros e encanta-se com a possibilidade de aumentar sua satisfação com eletrônicos pagos a dólar (já que não dá para relaxar e gozar com viagens em plena crise aérea) não gosta de esperar para satisfazer-se, como crianças, que são imediatistas em relação ao consumo: estavam no Maracanã desde às 15 horas e, mais uma vez, políticos que saracoteiam para livrar-se dos inquéritos chegam a hora que bem quer e ainda esperam aplausos. A vaia partiu daqueles que não recebem a bolsa família e que andam assustados com a crescente onde de violência. Para eles um novo tucano ainda está no ovo a ser chocado. E só esperam que o estrago deixado pelo governo do Lulinha paz e amor não seja tão pernicioso.