domingo, janeiro 13, 2008

Crie um canal no Youtube; vc também pode ter o seu!

Banda: Gorillaz - Vídeo: Clint Eastewod

A internet como ferramenta de trabalho e criação já não precisa de explicação. Entretanto noto que poucas pessoas da mídia alagoana exploram os canais públicos de vídeo. Com eles é possível que cada um crie o seu próprio canal.

É a chance de publicar suas produções independentes e, no caso do www.youtube.com.br até arquivar vídeos históricos, documentários e jogadas eternas de seus ídolos.

Há um ano criei meu próprio canal a "TV Tcholovsk". Lá tenho colocado arquivos dos mais diversos. Desde pequenos vídeos jornalísticos como gravações pessoais.

Entre minha seleção de vídeos tenho desde ícones do skate, trial, mpb a discursos do revolucionário Che Guevara. Impressionante o que é possível encontrar. É uma viagem no tempo.

Outro dia encontrei o Flávio Cavalcante, jornalista que apresentava um programa onde elegia o que prestava ou não na música brasileira. Quem não fosse aprovado tinha o disco quebrado ao vivo.

É só clicar na ferramenta de busca. Para ter sua própria tv digital é preciso se cadastrar, sem burocracias.

No alto um vídeo da banda virtual Gorillaz.

Abaixo um breve momento de Che falando sobre a solidariedade entre os trabalhadores.


2 comentários:

Mário disse...

Que tipo de solidariedade e essa que Ernesto "Che" "Assassino" Guevara fala no vídeo? Aquela que justifica atirar na cabeça de um companheiro de guerrilha e roubar-lhe o rolex? Ou seria essa "solidariedade" que o levou a mandar fuzilar um garoto de 15 anos que pichava muros em Havana? Em solidariedade à mãe do garoto, o assassino Che mandou que o fuzilassem imediatamente, para que a mãe não se "angustiasse com a espera". O engraçado foi que Che não se fez de rogado quando de sua captura pelo exército boliviano, saiu logo do mato de mãozinhas pra cima, "não me mata, não me mata, eu sou Che, valho mais vivo do que morto, não me mata". Patético e monstruoso.

Marcos Tchôla Rodrigues disse...

Valeu Mário! Obrigado pelo comentário. Tá dando uma polêmica interessante.
Volte sempre!