quinta-feira, setembro 21, 2006

Vergonha jornalística...sobrou para a goiaba

É uma vergonha que algum jornal, nos dias de hoje, ainda assuma posturas preconceituosas. A manchete: Tomaram na goiaba, referindo-se a dois homossexuais mortos numa área identificada como Goiabeira, em Fernão Velho é um exemplo.

A expressão é um referência a um palavrão, o famoso "vá tomar no cu!", prática bastante apreciada por muita gente inclusive integrantes do alto escalão do governo.

O novo jornal Tribuna precisa encontrar um rumo.Circular com notícias sensacionalistas é uma coisa. Mas repercutir a intolerância é outra. Por conta do fato divulgado, um homossexual conhecido no bairro teve que ligar para uma rádio para dizer que não estava morto.
Pode um negócio desses?
Lamento como jornalista que a imprensa ainda sirva para esse tipo proposta. Temo pelo futuro, porque o avanço quanto aos direitos humanos foi uma das nossas poucas conquistas. Mas estou satisfeito com a postura do Sindjornal que encaminhou carta aos responsáveis pela publicação.
Vale lembrar para quem não sabe, que os jornalistas por formação, têm um código de ética que coloca nossa posição de apoio e reconhecimento aos direitos universais.
Os jornalistas da empresa, inclusive, já demonstraram que têm poder de mobilização e não aceitam descaso. Na semana passada pararam depois de negociarem até o limite o pagamento do mês passado.
Para bom entendedor poucas palavras bastam!
Parabéns galera, entendo o lado de vocês.

Gostaria que o jornal desse os nomes de quem "toma na goiaba" por prazer, refiro-me aos políticos de Alagoas. Será que teriam a mesma ousadia?

Duvido!

Um comentário:

Alexandre H. Lino disse...

apoiado.