sexta-feira, setembro 08, 2006

Fidel não foi pro céu



A rima é fraca, mas serve para brincar com o que diriam alguns.
-Graças à Deu!
Eita, como assim? Mas o presidente não é ateu.
É mas dizem às más línguas, ou seriam as boas, que até ele rezou.
Temia ser cobrado pela morte dos opositores do regime ocorridas no paredão. Como a reza não acabava nunca, por que Fidel é longo até quando pede uma graça, para evitar uma desgraça, Deus lhe deu mais uma chance.
Mas isso é outra história.
########################################################
O noticioso Grama Internacional, jornal oficial de Cuba, não cansa de mostrar uma espécie de diário do dia a dia da recuperação do presidente Fidel Castro. O revolucionário e hoje ditador de esquerdam, operou-se para sanar uma "obstrução" no intestino.
O único a visitar Castro com freqüência é o presidente da Venezuela, Hugo Chavez.
Lula temendo uma ligação que atrapalhe sua permanência em Brasília, não manda nem um "-Fique bom camarada!"
Mas, o velho Fidel entende. Ou melhor, pode até não entender já que não realiza eleições para o seu cargo.KKK
Juntos
Mas se mudar de idéia, Lula pode ir a Cuba com Collor. Ambos conhecem e são amigos do presidente da ilha. Como o primeiro vota no segundo, quem sabe não surja uma aliança à cubana.
Acho que lá no céu, o eterno Freitas Neto vai ficar impressionado e ao mesmo ansioso para comentar este momento.
Amigo de Fidel e do povo cubano o companheiro jornalista, que foi um símbolo da militância da categoria nos deixou precocemente ao lado de sua esposa Gracinha, num acidente aéreo quando retornava de Cuba onde pretendia morar.
Física
Enquanto isso o neto do presidente cubano, Fidelito, veio ao Brasil ministrar uma palestra num evento internacional de Física. Isto mesmo o rapaz é CDF.
Tal pai, tal filho...
O vereador Fernando James Collor será o condutor da campanha do pai em Rio Largo. Desde que confirmou ser candidato ao senado, há menos de uma semana, a caminhada marcada para sábado na cidade parece ser a mais organizada.
Estima-se um público recorde.
Para a família e aliados, além dos seguras bonés, vai ser um momento histórico.
Cada dia mais parecido com o avô, Arnon de Mello, a imagem do primogênito pode representar um gás a más na batalha que será a eleição do ex-presidente.
Nacional
A campanha já está nacionalizada. As agências, revistas e jornais de grande circulação não deixam de comentar o retorno do ex-presidente ao processo eleitoral.

5 comentários:

Alexandre Henrique Lino disse...

Viva Fidel...e Lula de novo com a força do povo.

José Cláudio L. Santos disse...

A entrada do Collor no processo foi resultado das informações de que Ronaldo não seria candidato. Não acredito que ele possa ganhar a vaga. Mas admito que vai apertar a disputa. É incrível como ele ainda atrai algumas pessoas desinformadas

mauricelia disse...

Opa, atendendo seu pedidoooooo!!!
kkkkkkkk
Sempre bom esse blog, sempre mto bom

mauricelia disse...

Atendendo seu pedido!!
kkkkkkkkkk
Mas continua mto bom!!

Silvia Falcão disse...

Tchola
Finalmente seu blog abriu espaço para comentário de jornalistas que não tem blog..kk
Complicado este novo quadro político, será que o Collor quer só medir seu poder de fogo numa eleição?? Confesso que até agora estou sem entender.
Olha parabéns pelo Blog. Tá Show e parabéns por outras conquistas Também! Beijo